Artista tira do concreto o abstrato do cotidiano

Dudu Cruz poderia ser um sambista, porque tem nome de sambista. Mas não, Dudu é um artista digital, um escritor de crônicas, uma esponja que tira do concreto o abstrato do cotidiano, um vencedor do prêmio da Acadmie Arts Sciences el Lettres de Paris. O artista encontra no lixo, no dia-a-dia, na comida e no outro, a inspiração para suas obras. Fique com ele: Dudu Cruz.