Criada associação para jornalistas com e sem diploma

Antonio Vieira, presidente da ABJ e Aline Brazão Vice-presidente
Antonio Vieira, presidente da ABJ e Aline Brazão Vice-presidente

Segundo os sites Comunique-se  e Farol Comunitário, o Movimento em Defesa dos Jornalistas Sem Diploma fundou no último dia 26, em Brasília, a Associação Brasileira dos Jornalistas (ABJ), que pretende filiar jornalistas diplomados ou sem formação superior na área.

A Associação é presidida por Antonio Vieira, formado em administração de empresas, com especialização em matemática financeira, mas que trabalha como jornalista há 20 anos. “Já tínhamos articulações pelo fim do diploma e com a decisão do STF decidimos institucionalizar a criação da ABJ, que será aberta a formados e não formados em jornalismo, porque sempre fomos discriminados pela Fenaj”, explica Vieira.

Com 43 membros eleitos em Assembleia, a associação terá representatividade em todo o território nacional, conta com sócios beneméritos e 300 associados, entre diplomados e não diplomados.

Os interessados em informações sobre a nova associação devem enviar um e-mail para abj.net@gmail.com.

Estudantes de jornalismo e jornalistas farão protesto na Paulista

Protesto de estudantes e jornalistas segunda-feira (22/6), às 10h

Diretórios acadêmicos de várias faculdades de Jornalismo estão convocando estudantes e jornalistas para uma manifestação de protesto na Capital contra a decisão do STF, que extinguiu a obrigatoriedade do diploma universitário para exercício da profissão.

Será segunda-feira (22/6), às 10h, no Metrô Consolação (Av. Paulista, altura do nº 2163). Os organizadores sugerem vestir preto, trazer nariz de palhaço e uma colher de pau.

Sindicatos dos Jornalistas do Estado de São Paulo