Palestina e Israel são temas de debate na Metodista

A Faculdade de Teologia da Metodista – Universidade Metodista de São Paulo, promoverá um bate papo sobre as iniciativas para a promoção da Paz entre a Palestina e Israel. Como parte do Programa de Extensão da universidade, o debate contará com dois representantes desses esforços. Michel Nseir, membro da Igreja Ortodoxa Antioquina e Manuel Quintero Pérez, membro da Igreja Presbiteriana Reformada, ambos representantes do Conselho Mundial de Igrejas, CMI.

O CMI busca, por meio desses programas, uma solução pacífica para esses países levem em conta os direitos humanitários internacionais. O Conselho, além de apoiar ações não-violentas, abre espaço para que seus participantes acompanhem e relatem casos de violações de direitos humanos, como também podem apoiar atos de resistências não-violentas.

O evento acontecerá dia 23 de março, no Edifício Ômega do Campus Rudge Ramos (Rua Planalto, 125, São Bernardo do Campo – SP), em dois horários: às 9h30 e às 19h30. Para mais informações: 4366-5970

liberdade sitiada…palavras deturpadas

foto de Karla Maria
foto de Karla Maria

Ao denominar ‘ditabranda’ (…) a direção editorial do jornal insulta e avilta a memória dos muitos brasileiros e brasileiras que lutaram pela redemocratização do país. (…) O estelionato semântico manifesto pelo neologismo ditabranda é, a rigor, uma fraudulenta revisão histórica forjada por uma minoria que se beneficiou da suspensão das liberdades e direitos democráticos no pós-1964”, diz o manifesto de intelectuais em resposta ao editorial de 17/02  do jornal Folha de S. Paulo.